10 de jan de 2009

"Lvov" no G1

Eis que vejo essa notícia "Prédio na Ucrânia ostenta maior jogo de palavras cruzadas do mundo", no G1. E o que mais chama a atenção não é o prédio em si, mas a maneira como escreveram Lviv: Lvov.

Isso, mais do que parte de um movimento de russificação da Ucrânia (que em outros casos acontece), é sinal da incompetência desse setor de "jornalismo internacional" dos jornais daqui. Imagino que compram "planos com pacotes de notícias" e vão pegando, traduzindo descuidadosamente e publicando a medida que vão aparecendo, resultando nessas notícias de baixa qualidade.

Há sinais claros de que a tradução é feita de maneira incompetente. Na Gazeta do Povo de Curitiba (Curitiba! Cidade com muitos descendentes eslavos) vi há poucos dias usarem Belarus em vez de Bielorússia e Warsaw em vez de Varsóvia.

Possivelmente a notícia do G1 veio de uma agência de notícias da Rússia, foi traduzida para inglês sem levar em conta o nome atual e foi "processada" pelas supostas agências de notícias brasileiras.

(No caso de Kiev versus Kyiv acabo de ler Kiev or Kyiv? e agora fico um pouco confuso quanto a qual é correto. Terei que ler mais a respeito.)

Atualização (08/fev/2009): Jest nas Wielu deixou um valoroso comentário corrigindo o uso de Bielorússia e esclarecendo o uso de Kyiv.

5 comentários:

  1. Querido blogger!
    Seu blog e mto interessante (vou inclui-lo na lista dos meus amigos agora mesmo), sobre os nomes geograficos queria dizer o seguinte:

    1. Lviv. Apos eu proprio escrever para o portal Globo, eles emendaram e agora esta la escrito Lviv. Portanto a receita e simples: viu alguma coisa errada, escreve para emendar, se eles recusam, faca um flash - mob (avisa a comunidade) e assim vamos fazer a pressao. As vezes isso funiona.
    2. Belarus. Isso e a pronuncia correcta, a Belarus. Qualquer outra e sinal de russificacao. Nisso temos que confiar nos nossos irmaos belarusos. Assim e em belaruso, todas as outras maneiras sao russificadas.
    3. Kyiv. A nossa capital e Kyiv. Mas como centenas de anos foi chamado de Kiev, entao muita gente ainda escreve Kiev. Mas o nome correcto tambem e unico: Kyiv, pois o seu fundador mitico se chamava Kyi (taco, um grande pau).

    Abraco,
    desculpe os erros, estou a usar o teclado ingles.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado!

    Quanto a questão de Belarus, a minha reclamação realmente está incorreta, possivelmente pelos mesmos motivos que Kyiv (infelizmente no caso de ambas a mídia usa a forma antiga). Vou deixar uma observação no post em si a respeito disso.

    E ainda desconfio que o uso de Belarus pelo jornal foi acidental. Imagino que deveria haver uma adaptação ao português, como Bélarus ou Belarús.

    Ainda tenho vários palpites pouco fundamentados a respeito desses nomes:

    . Leópolis ou Lviv? (já que defendi Varsóvia)

    . Vejo que as observações a favor do uso de Kiev usam o tal mapa "Russiae, Moscoviae et Tartaria" para indicar o uso de "Kiov". Sendo assim, "Rússia" não seria também um nome inapropriado para a Moscóvia?

    . Em português "rússia" de "Belorússia" não seria tão russificado (ou "muscovificado") pois seguiria o mesmo padrão usado em Ucrânia vs Ucraína (poderíamos ter também Limítrofelândia:-)).

    Enfim, agradeço pelas correções, são sempre bem-vindas!

    ResponderExcluir
  3. It is always possible to put doubled toponyms in brackets: Kyiv (Kiev).

    ResponderExcluir
  4. Indeed. Probably that would be the most "friendly" approach when asking for newspapers to use the proper name.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Bohdan,

    1. Mas que nada valiosa, o seu blogue é bem valioso, pois ele é aquilo que eu sempre procuro nos ucranianos. Ser patriota e profissional. É triste ver um patriota não profissional e odioso ver um profissional não patriota.

    2. Belarus tal como Warszawa, o mais provável foi um copy /past do inglês, pois em Portugal eles escrevem Bielarússia ou Biela – Rússia, pelo menos já deixaram de escrever Rússia Branca (eu já vi).

    3. Lviv. Pois acho que não precisamos de duplicar os nomes, defendo que o inglês deve ter a primazia. Mas ok, Varsóvia, pois é um nome tradicional.

    4. Os russos só passaram ser chamados de russos e o seu país da Rússia desde o século XVIII, basicamente com Pedro I, antes eram a Moscóvia. Não oficialmente, podemos os chamar de moscovitas, acho que não há crime nisso, eles nós chamam com nomes piores.

    5. Mas é claro, que a “rússia” em “Bielarússia” é uma russificação, é por isso os belarusos chamam o seu pais de Belarus (embora em belaruso se pronuncia Byalarus / Bialarus). Pois em belaruso bialy é branco e não beliy (como em russo) ou biliy – branco em ucraniano.

    Faz me chegar o seu e-mail.
    JNW.

    ResponderExcluir